VENCEDORES

NORTE Competitividade

Projeto: Expansão da Quinta do Vallado

Promotor: Quinta do Vallado – Sociedade Agrícola Lda

Para apresentar este projeto é preciso recuar ao tempo da Dona Antónia Adelaide Ferreira, a lendária Ferreirinha, mulher que fez do vinho do Porto o seu negócio. A casa tradicional onde morou é agora uma unidade hoteleira. Ao lado, a oferta de quartos completa-se com uma nova e moderna estrutura, desenhada pelo arquiteto Francisco Vieira de Campos. Com o investimento a permanecer nas mãos da família da lendária mulher de negócios, as marcas da Ferreirinha são bem visíveis nas experiências disponíveis para os turistas. Dos programas destacam-se as visitas guiadas à adega, as provas de vinho e as sessões de vinoterapia.

NORTE Inovação

Projeto: Inovação na produção de rolhas de cortiça

Promotor: Azevedos Indústria - Máquinas e Equipamentos Industriais, S.A.

Os especialistas defendem que podem ser muitas as melhorias no processo industrial da produção de rolhas e esta empresa pretende fazer parte da revolução que se adivinha. Em causa está o desenvolvimento de protótipos para o processo de produção de rolhas de cortiça naturais e rolhas aglomeradas, permitindo reduzir os defeitos que deixam no vinho. E o promotor promete ainda mais. Com esta inovação é possível uma maior higienização ao longo de toda a cadeia produtiva e uma redução do impacte ambiental causado pela emissão de poluentes. O projeto, desenvolvido em parceria com a empresa Waldemar Fernandes da Silva, S. A. e o Centro Tecnológico da Cortiça, encontra-se na fase de especificações finais para dar entrada na indústria.

NORTE Investigação

Projeto: CIMO - Centro de Investigação da Montanha

Promotor: Instituto Politécnico de Bragança

Registam patentes e marcas, publicam teses e prestam serviços a empresas e instituições da administração pública. Tudo com o foco nas atividades económicas ligadas à montanha e a partir das montanhas que as Terras de Trás-os-Montes oferecem. Reconhecido o mérito deste centro de investigação, o empurrão chegou com a adaptação de antigos edifícios para a instalação de mais de 800 metros quadrados de laboratórios, com equipamento que está a dar resposta às mais diversas áreas científicas como biologia molecular, bromatologia e reologia, microbiologia, química analítica ou solos e fertilidade.

NORTE Inclusão

Projeto: Kastelo - Unidade de Cuidados Continuados e Paliativos Pediátrica

Promotor: Associação Nomeiodonada

Há investimentos em matéria de inclusão social que se medem por chegar a um número muito significativo de utentes. Outros são avaliados pela qualidade do serviço prestado. Haverá, ainda, projetos que se distinguem pelo seu retorno económico. Depois há outros que têm um valor desmesurável e o Kastelo será dos que ocupa um lugar no topo desse grupo. Aqui faz-se magia com crianças que sobrevivem a doenças graves e dá-se conforto e felicidade a famílias com crianças que estão em fase terminal.

NORTE Qualificação

Projeto: Operação Escola em Rede

Promotor: Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência

Conetividade interna e externa são os jargões deste investimento. A intervenção abrangeu 323 escolas públicas do 2º e 3º ciclos e do secundário e chegou a mais de 219 mil alunos. Em causa esteve o acesso à Internet e a instalação de redes de área local, com separação segura de redes, acesso remoto com e sem fios nas salas de aula e nas áreas de estudo e de convívio.

NORTE Sustentabilidade

Projeto: Projeto das 100.000 árvores na AMP

Promotor: Universidade Católica Portuguesa

Começou no terreno em 2011 com o desígnio de reflorestar cerca de 100 hectares de áreas ardidas, livres ou que necessitam de reabilitação na AMP. O ritmo é imposto pelas condições de cada área intervencionada, mas a cadência de voluntários que se associam ao projeto tem sido acelerada. São já muitas as instituições parceiras e o número de cidadãos que participa nas plantações é muito satisfatório. Na retaguarda há, ainda, equipas de sapadores florestais e equipas das autarquias sem as quais o projeto não seria possível. E a meta das 100 mil árvores está já ao virar da esquina.

NORTE Património

Projeto: Teatro do Bolhão

Promotor: Academia Contemporânea do Espetáculo

Neste Palácio mandado construir no século XIX pelo Conde do Bolhão, são muitas as histórias que se contam. Os salões já se encheram para grandes festas da burguesia, visitas da família real e uma série de rocambolescos episódios de traições contados por Camilo Castelo Branco. Neste Palácio já houve pilhagens por altura da I Guerra Mundial e já funcionou uma litografia. Com muitos anos de uso e mudanças de proprietários, é adquirido já degradado pela Câmara do Porto. A Academia Contemporânea do Espetáculo, que acredita em histórias com finais felizes, juntou vários mecenas e patronos e conseguiu a recuperação de um imóvel classificado, com elevado valor arquitetónico, para aqui instalar a Academia Contemporânea do Espetáculo e abrir o espaço à comunidade, para sua fruição cultural.